quarta-feira, 22 de abril de 2009

Diálogos (I)

Ele: Então, vamos conversar.
Ela: Ah, finalmente! Vamos conversar!
Ele: Então...
Ela: Então!
Ele: O que você queria falar?
Ela: Você queria falar!
Ele: Sim, eu queria falar porque você queria falar.
Ela: Bem, agora eu quero ouvir.
Ele: Você não tem nada pra falar?
Ela: Eu quero saber o que você tem para me falar.
Ele: Mas eu não tenho nada! Você é que sempre quer conversar sobre as coisas.
Ela: Eu? Mas se foi você quem chamou!
Ele: Porque eu sei que você sempre quer falar. Não quer falar?
Ela: O que você quer que eu fale?
Ele: Não sei! Qualquer coisa! Por mim, a gente nem precisaria conversar.
Ela: Viu? Você nunca quer conversar!
Ele: Eu estou conversando.
Ela: Me deixa sozinha.
Ele: O quê?
Ela: Saia. Não quero mais falar sobre isso.
Ele: Mas... Sobre o quê?
Ela: Viu? Você não presta atenção em uma palavra do que eu digo!

7 comentários:

Anônimo disse...

Hehehe...é bem assim mesmo. Estou adorando teus textos e fico ansiosa aguardando os próximos, pois são todos muito criativos. Parabéns !
Te amo
Bjs
mãe

Z, disse...

É bem assim mesmo ??? Ai meu Deus !!!

denken disse...

Ain't that real?

Bianca De Vit disse...

Esclarecimento: isso não aconteceu comigo... Eu não entro nesse tipo de discussão.

Ou será que sim??

;)

denken disse...

Alright, on the weekend, with proper time, we can 'discuss' about it...

Rômulo Mafra disse...

me reconheci em algumas falas em algum tempo perdido (ou não). :-)

Ellen Joyce disse...

Muito bom!