sexta-feira, 25 de julho de 2008

Por inteiro

Não sirvo um copo d'água pela metade. Não saio com apenas metade das roupas. Não falo meias palavras. Dificilmente faço uma refeição pela metade e às vezes fico completamente bêbada - não pela metade. Eu gosto de dormir um sono só, inteiro. Gosto de olhar nos olhos - os dois, não apenas um. Entrego-me por completo ao meu trabalho e meus amigos. Às vezes uso só uma metade da cebola, mas sinto o sabor na íntegra. Filmes? Mesmo que ruins, assisto até o final. Beijo de olhos totalmente fechados. Minha nudez é completa e não se esconde. Quando saio de casa, vou até o final do caminho, sem cortar trajetos ou dar meia-volta. Agora que encontrei a metade da minha laranja, eu quero o amor por inteiro.

Um comentário:

Niléa disse...

Prima querida!!!!!!Não tenho palavras para dizer o quanto lindas são tuas palavras! Que orgulho ter gotas do teu sangue correndo em minhas veias!Parabéns, agora tens que passar tudo para um livro teu. Vamos esperar!!!!Beijos Ni